Como conciliar trabalho e estudos? Entenda, de uma vez por todas!

Você precisa conciliar trabalho e estudo e não sabe como fazer isso corretamente? Você verá que é possível conciliar os dois se dedicando igualmente.

caderno e caneta simbolizando conciliar trabalho e estudo

Boa parte dos estudantes universitários se dividem entre ir para a faculdade e depois para o estágio, ou até mesmo a jornada CLT (no mínimo 8 horas diárias). Nesse sentido, precisam conciliar trabalho e estudo.

Uma pesquisa aponta que 60% dos jovens brasileiros entre 15 e 29 anos estudaram e trabalharam ao mesmo tempo em algum momento de suas vidas.

Apesar de ser uma tarefa desgastante, é importante você aprender como conciliar trabalho e estudo. Afinal, saber como organizar o seu tempo e cuidar para se dedicar as duas atividades da maneira correta é essencial para a sua vida profissional e pessoal.

Por isso, neste post, vamos falar sobre a relação entre trabalho e estudo, além de apontar boas formas de conciliar as duas jornadas com sucesso.

Vamos lá? Tenha uma ótima leitura!

1. Monte um cronograma

Primeiramente, você deve organizar os seus horários. E nada melhor do que montar um cronograma para te ajudar a saber exatamente o que precisa fazer durante o dia.

Monte uma planilha completa com todas as suas principais atividades como o trabalho, faculdade, atividades extracurriculares, etc.

Se você estuda de manhã e trabalha a tarde, por exemplo, separe um horário a noite para estudar. Você terá que estudar todos os dias? Depende da sua necessidade.

Se acredita que precisa estudar todos os dias, então separe um momento de estudo durante a noite. Não esqueça que você também pode estudar durante o final de semana.

Todavia, não se esqueça da sua vida pessoal. Separe um tempo para fazer o que você gosta! Mesmo que goste muito do seu trabalho, quais são aquelas atividades de lazer que te trazem uma sensação de descanso e conforto?

Tenha cuidado para que o trabalho não atrapalhe o seu desempenho na faculdade, assim como a faculade não pode atrapalhar o seu rendimento no trabalho.

Para isso, evite atrasar as suas tarefas da faculdade. Não as faça durante o seu trabalho! E quando for estudar, não fique preocupado com o trabalho. Deixe a sua mente livre para se concentrar e conseguir um bom desempenho.

Você pode montar este cronograma numa planilha no Excel, anotar em uma agenda, usar aplicativos de organização… Existem várias formas, o importante é começar!

2. Ajuste a sua rotina

Quando entramos na faculdade, já temos um horário certo de cada aula. Por exemplo: você sabe que segunda-feira sua aula começa às 7 horas e acaba ao meio-dia. Já na terça a aula acaba apenas às 13 horas.

No momento que conseguimos um estágio ou emprego CLT, talvez seja preciso ajustar nossa rotina para conseguirmos estudar e trabalhar. Mas claro, esta adaptação não pode atrapalhar nosso desempenho no trabalho e nem na faculdade.

No meu segundo estágio, as minhas aulas durante dois dias por semana acabava apenas às 13 horas e era esse o horário que eu precisava estar no meu trabalho.

Qual a solução? Conversei com o meu professor para sair um pouco mais cedo para conseguir chegar no estágio e ele consentiu. Ou seja, consegui chegar na hora no estágio e isto não afetou meu desempenho na faculdade.

Se você precisar fazer o mesmo, lembre-se de não prejudicar nem o seu trabalho e nem o seu estudo.

3. Aprenda a separar as prioridades

Falamos de rotina no tópico anterior, então precisamos falar agora de prioridades. Em alguns momentos durante a realização de seu cronograma, mesmo que você não queira, poderá ser necessário estabelecer prioridades sobre o que vai ser executado primeiro.

As prioridades que aparecem durante a nossa vida profissional, pessoal, etc. podem mudarem de acordo com o seu objetivo em um determinado período.

Por exemplo: você recebeu um trabalho da faculdade de última hora e precisa ser entregue o mais rápido possível. Talvez você já tivesse marcado de sair com os seus amigos e não será possível executar o trabalho se você, de fato, sair com eles.

O que fazer, então? Estabeleça prioridades. Assim, você ficará mais tranquilo para produzir e entregar todas as suas tarefas com qualidade.

4. Faça o networking valer a pena

Os seus colegas de classe e os seus colegas de trabalho são essenciais para você conseguir conciliar trabalho e estudo. Como? Se você está estudando para uma prova importante e está com dúvida, talvez o seu colega saiba te explicar e você economiza tempo.

O mesmo serve para o ambiente de trabalho. Se você está realizando uma atividade que não sabe como finalizar, peça ajuda a um colega que entenda, assim, você não acumula atividade para os dias posteriores.

O networking é importante em qualquer ambiente e não seira diferente na faculdade e no trabalho.

5. Opte por cursos EAD

Se você realmente não consegue dar conta de trabalhar e estudar ao mesmo tempo, então, talvez, a melhor opção para você seja fazer um curso EAD, ou seja, Educação a Distância.

Várias universidades ofertam cursos EAD, onde as aulas e até mesmo provas são feitas exclusivamente online. Assim, você terá liberdade maior para organizar seu cronograma e não terá que deixar nem de estudar e nem de trabalhar.

Além disso, o tempo que você perde no trânsito, por exemplo, do caminho da faculdade para o trabalho, pode se transformar em mais horas de estudo e até mesmo de lazer.

Conclusão

É possível conciliar trabalho e estudo, desde que você mantenha um cronograma organizado e ajustando a sua rotina, contando que não prejudique o seu desempenho nem no trabalho e nem na faculdade.

Lembre-se que você precisa estabelecer prioridades e é importante você saber o que é prioridade e o que não é. Tudo dará certo com a execução correta.

Ademais, não esqueça de tirar um tempo só para você. O lazer também é importante! Saia com os seus amigos, relaxe, viaje, etc. Estudar e trabalhar demais não faz bem.

Gostou do artigo? O seu comentário é muito importante! Se você tem sugestões de outros temas, sinta-se a vontade para comentar!

7 Curtir
0 Não curti

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *