Controle de ponto de funcionários terceirizados: como fazer este registro?

É muito comum várias empresas contratarem alguns funcionários terceirizados, mas será que eles precisam registrar o ponto? Como fazer isto? Confira agora!

homem encostado na parede segurando uma maleta simbolizando funcionários terceirizados

É muito comum várias empresas contratarem alguns funcionários terceirizados, seja pela facilidade, pelo orçamento ou qualquer outro motivo.

Primeira de tudo: o que são os funcionários terceirizados? São profissionais que não são empregados da empresa que se beneficia com o seus serviços. Eles são de outra empresa, mas prestam serviços para terceiros. Esta troca entre o funcionário terceirizado e a empresa que o contrata é feita pela outra empresa.

De acordo com a Lei nº 13.429, os profissionais que são prestadores de serviços têm direito à carteira assinada, férias, 13º salário, pagamento de horas extras, FGTS, etc.

Porém, apesar de tudo isto, a empresa gasta menos contratando funcionários terceirizados, pois não são obrigadas a oferecer vale transporte, vale refeição e alimentação, além de reduzir os gastos com rescisão e trocas de funcionários.

E apesar de tudo isto, estas empresas têm dificuldade na hora de controlar o ponto destes funcionários. Então, o que fazer? A empresa pode exigir que seus funcionários terceirizados registrem o ponto? Continue lendo o nosso artigo para descobrir!

Como registrar o ponto de funcionários terceirizados?

Primeiro de tudo, é bom deixar claro que a responsabilidade do controle de ponto dos funcionários terceirizados é de total responsabilidade da empresa que contratou os seus serviços. Afinal, é ela que pagará possíveis horas extras, por exemplo.

Disto isto, a melhor opção para controlar o ponto de profissionais terceirizados é usando o ponto online, pois os funcionários podem registrar seu ponto fora da empresa (para aqueles em jornada home office ou atividades externas), além de ser muito mais fácil controlar o banco de horas.

A empresa consegue ver o local exato que o funcionário bateu o ponto com a funcionalidade de geolocalização, além de poder registrar, pedir ajuste e abono de forma ilimitada.

O PontoGO é o melhor controle de ponto online existente do mercado. Ademais todas as funcionalidades citadas, o PontoGO possui um custo-benefício incomparável que se encaixa em qualquer tipo de empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande.

Confira todos os planos disponíveis aqui!

interface do aplicativo do pontogo

Na esquerda a interface de Relatórios do aplicativo do PontoGO, e na direita a interface de Solicitações de Abono e Ajustes.

O controle de ponto para funcionários terceirizados é obrigatório?

O controle de ponto é obrigatório para toda empresa com mais de 10 funcionários. De acordo com a Lei nº 7.855,  a empresa precisa registrar sua jornada de trabalho através de algum tipo de registro de ponto perante pena de processos trabalhistas e autuação do Ministério do Trabalho.

Ou seja, por mais que a sua empresa não seja a prestadora de serviços, você contratou os serviços daquele funcionário terceirizado, então o seu negócio tem a obrigação de manter o registro de ponto daquele funcionário.

Uma observação importante: você não precisa contratar mais de 10 funcionários terceirizados para ser obrigatório o registro de ponto. Mesmo que for apenas um, dois, etc. ele conta com um profissional da sua empresa, independente de ser terceirizado ou não.

Lembrando que os funcionários terceirizados têm direito à carteira assinada, férias, 13º salário, pagamento de horas extras, FGTS, etc.

Alguns exemplos de empregos terceirizados.

A maioria das empresas preferem contratar prestadores de serviços na área da limpeza e segurança. Sabe aquele evento que você foi e os seguranças tinham outro nome na farda e não da empresa que está organizando o evento? Aquele nome é da empresa prestadora de serviço

Outros serviços que podem ser terceirizados são: contadores, assistência jurídica, recursos humanos, transportadores, profissionais de empresas que armazenam produtos de médio ou grande porte, etc.

Se você está pensando em contratar algum destes serviços para a sua empresa, pesquise bem e veja se realmente vale a pena. Não apenas a questão de custo-benefício, mas o que realmente é melhor para a sua empresa.

Conclusão

As empresas que contratam funcionários terceirizados precisam manter seus registros de ponto, segundo as leis trabalhistas. Afinal, é importante manter estes registros para prováveis futuras contradições. Além disto, o funcionário terceirizado pode fazer horas extras e precisa recebê-las por elas.

E a melhor forma de manter este controle é com o PontoGO. um sistema de controle de ponto online perfeito para a sua empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande.

Então, você gostou do artigo? O seu comentário é muito importante para nós!

Se você tem sugestões de outros temas, sinta-se a vontade para comentar!

2 Curtir
0 Não curti

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *