Dicas para home office: as melhores formas de otimizar o trabalho remoto!

Neste conteúdo, separamos as 5 melhores dicas para home office, apontando pequenas maneiras de transformar a rotina para melhor!

Imagem de uma pessoa trabalhando em casa, simbolizando o conteúdo sobre dicas para home office

Dicas para home office são extremamente bem vindas quando pensamos no mercado de trabalho atual. Muitas empresas perceberam a necessidade de adaptar suas equipes para o trabalho remoto e, com isso, uma série de dúvidas podem aparecer.

No entanto, com pequenos ajustes na rotina, todos saem ganhando! Engana-se quem acredita que o home office pode estimular a baixa na produtividade ou “afastar” os colaboradores.

Basta se organizar de maneira individual e coletiva para que esse modelo de trabalho funcione de forma cada vez melhor. E é sobre isso que vamos falar no post de hoje!

Se você quer ver 5 dicas preciosas para ter uma rotina melhor no home office, permaneça conosco e tenha uma ótima leitura.

1. Tenha um espaço bem definido para o trabalho remoto

Quando pensamos em home office, nem sempre é o caso de trabalhar em casa. Existem pessoas que preferem ir até um espaço de coworking, outras que precisam realizar suas tarefas entre uma viagem e outra. Ou seja: cafés, aeroportos e uma série de locais diferentes podem ser o endereço do seu trabalho remoto.

De toda forma, vamos focar em quem trabalha de casa. Seja por um tempo ou de maneira permanente, é muito importante definir um espaço específico.

Seja um cômodo inteiro (no cenário ideal) ou uma parte do quarto, por exemplo, vale investir em móveis de escritório, como uma boa mesa, cadeira e outros itens necessários.

Isso acontece por um motivo simples: a nossa casa é a nossa casa. Essa frase parece meio óbvia, não é? Mas é isso mesmo. Em casa realizamos atividades de lazer, descansamos e caprichamos nas tarefas domésticas. Quando não existe uma definição do espaço, a tendência é que fique mais difícil se acostumar com a ideia de que você precisa cumprir um certo horário de trabalho.

É o caso de quem trabalha na cama, por exemplo. Nosso cérebro está acostumado com o fato de que nos sentamos para relaxar e assistir TV, por exemplo, assim como a hora de deitar significa que em breve vamos dormir.

Imagine, então, trabalhar em um local que não foi feito para isso? Os níveis de produtividade podem abaixar e as entregas serem comprometidas.

Pensando por um outro lado, se mesmo assim você for capaz de manter as suas entregas, saiba que provavelmente está demorando muito mais tempo para resolvê-las. Essas dicas para home office no que diz respeito ao espaço podem até mesmo serem subestimadas em um primeiro momento, mas logo entendemos a importância de separar esse lugarzinho.

2. Cuidado com distrações externas

A pandemia fez com que muita gente começasse a trabalhar de maneira remota sem ter muito tempo para se planejar. Com isso, foi preciso lidar com uma série de coisas diferentes, uma delas sendo a convivência com outras pessoas em casa.

Familiares ou outras pessoas que moram com você podem ter uma certa dificuldade de entender que a partir daquele momento, você começou a trabalhar de casa de verdade.

Assim, não é difícil se lembrar daquele dia em que você foi interrompido uma, duas ou três vezes. Seja para pendurar as roupas no varal, dar uma passadinha na padaria ou prestar uma “ajudinha rápida” para sua mãe ou cônjuge.

Entre nossas dicas para home office, o diálogo é muito importante. Explique para as pessoas que moram com você sobre o seu trabalho e a importância de seguir uma rotina consistente. Se existirem horários fixos, diga exatamente quais são.

Caso contrário, explique que após realizar todo o escopo de trabalho previsto para o dia, você dará o aviso.

Pense também que distrações externas não são aquelas que vêm exclusivamente de outras pessoas. No meio do trabalho, é muito frequente nos lembrarmos daquelas tarefas pessoais que deixamos acumular, ou em “probleminhas” da rotina que precisam ser resolvidos.

No entanto, tome cuidado! Trabalhe consigo o fato de que assim como um trabalho no escritório, não é interessante parar a cada cinco minutos e desfocar das suas atividades do dia.

3. Troque de roupa

O ato de trocar de roupa é uma daquelas dicas de home office valiosas. Assim, seu corpo terá um aviso de que não é mais hora de ficar descansando. Mas sim de trabalhar!

Pode parecer algo bobo, mas esse pequeno ato tem o seu poder. E que poder! Tomar um bom banho, lavar o cabelo, se arrumar e preparar o seu corpo para um bom dia de trabalho pode aumentar a sua disposição e produtividade.

Não precisa vestir aquela roupa caprichada que você separou para um grande evento, muito menos usar algo que te deixe desconfortável. Basta criar o seu próprio ritual de autocuidado pela manhã tirando os pijamas, que remetem a uma noite de sono e podem te deixar muito mais lento até que você consiga “engrenar” no trabalho.

4. Invista em equipamento de qualidade

Quando a internet caía no escritório, não tinha muito o que fazer. No máximo ir para casa e continuar as atividades de lá. No entanto, como isso acontece quando o seu trabalho é remoto? Não há para onde correr, não é mesmo?

Pois é. A ideia, então, é que você tenha um bom pacote de internet, pesquisando a reputação da empresa provedora de rede e se certificando de que não se trata daquele serviço que mais cai do que funciona. Para isso, veja como funciona a recepção de rede no seu bairro/região, contratando o melhor serviço possível.

Além disso, pense nos materiais que você precisa para trabalhar. Além do computador, vale pensar em um bom mouse, fone de ouvido e aparelhos que melhoram a ergonomia, como suporte para notebook e um teclado.

Podemos passar longas horas sentados sem nos darmos conta dos efeitos que pequenas coisas têm em nossa saúde. Longas horas olhando para a tela do notebook, quando ela está posicionada abaixo da linha de visão, pode prejudicar a sua postura.

Assim como o ato de trabalhar com os pés longe do chão pode provocar danos a longo prazo. Por isso, pense na necessidade de complementar seus aparatos de trabalho com pequenos objetos, mas que fazem toda a diferença quando o trabalho remoto é permanente.

Muitas empresas oferecem um auxílio home office ou até mesmo enviam esses aparatos sem custo. Mas caso você seja um freelancer, por exemplo, vale a pena se organizar financeiramente.

Pense nisso como uma série de investimentos no seu bem estar, saúde e até mesmo produtividade. Afinal, é melhor passar longas horas trabalhando de forma desconfortável ou com tudo o que você precisa para fazer aquelas entregas de qualidade?

5. Faça uma boa gestão do seu tempo

Uma das dicas para home office de maior valor está relacionada ao tempo trabalhado. Muitas pessoas podem permanecer por 9, 10 ou até 12 horas fazendo suas funções, mas serem menos produtivas do que aquelas que trabalham 6, 7 ou 8.

Pode parecer difícil, mas é verdade! Quando fazemos uma boa gestão do nosso tempo, melhoramos as entregas e ainda conseguimos equilibrar a vida profissional com outras questões que fazem parte da rotina de trabalhar em casa.

Por isso, tente colocar em prática algumas dessas dicas:

  • evite fazer pausas constantes para usar o celular, se possível deixe-o no silencioso ou em algum lugar em que você não pode vê-lo;
  • faça um teste de métodos de produtividade como o Pomodoro, quando permanecemos concentrados por períodos específicos e depois nos “presenteamos” com alguns minutos para descansar a cabeça;
  • anote tudo o que você tem para fazer no dia e se organize para realizar as entregas, não necessariamente focando no tempo em que você deverá ficar olhando para o computador;
  • faça um registro das horas trabalhadas e mantenha uma análise constante em relação a ele.

Conclusão: as melhores dicas para home office

No trabalho home office, muitas empresas não estabelecem exatamente uma carga horária diária ou semanal, mas definem tarefas específicas que devem ser entregues em um ciclo de trabalho específico.

Por isso, é interessante manter um controle do seu tempo. Assim, você saberá aqueles dias em que foi mais produtivo, além dos momentos em que precisou fazer hora extra porque alguma atividade não estava fluindo como deveria.

Softwares de controle de ponto são excelentes maneiras não apenas de bater o ponto, como o nome já adianta, mas funcionam muito bem para analisar a produtividade e fazer uma boa gestão do tempo.

Aqui, no PontoGO, temos uma série de planos que se adaptam aos mais diversos tamanhos de empresa. Tanto o setor de RH/Gestão quanto os colaboradores ganham com isso!

Se você se interessou pelas nossas dicas para home office e quer descobrir os motivos pelos quais pode ser muito importante ter um bom sistema de controle de ponto online, não permaneça curioso! Temos um ótimo conteúdo que pode te ajudar.

0 Curtir
0 Não curti

Ana é Jornalista e trabalha com Marketing Digital desde o ano de 2016. Atua com o desenvolvimento de planos de comunicação, branding e gerenciamento de marcas na web, com foco em blogs corporativos e redes sociais. Além disso, tem experiência escrevendo sobre desenvolvimento pessoal, produtividade, métodos de organização pessoal e temas pertinentes ao universo corporativo em geral.

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *