Tipos de controle de ponto: saiba qual o melhor para cada empresa

Registrar o ponto de seus funcionários é obrigatório perante a lei. Existem vários tipos de controle de ponto e é importante você saber qual o melhor para a sua empresa.

um despertador simbolizando tipos de controle de ponto

Se a sua empresa possui mais de 10 funcionários, então é obrigatório que eles batam ponto, segundo a Lei nº 7.855 perante pena de processos trabalhistas e autuação do Ministério do Trabalho.

O ponto serve para as empresas saberem a jornada de trabalho de cada funcionário. A hora que eles entraram para a trabalhar, saída para o almoço, saída para a casa, etc.

Este registro é muito importante, pois se os funcionários fazem horas extras, por exemplo eles têm direito de ganhar além do seu salário líquido.

Mas existe apenas um tipo de controle de ponto? Não. Existem vários tipos e é sobre isto que iremos falar neste artigo. Você sabe qual é o melhor tipo de ponto para a sua empresa? Então, descubra agora!

Os diferentes tipos de controle de ponto

Se você é funcionário de alguma empresa e está acostumado a bater ponto em um tipo de sistema, saiba que existem vários outros tipos.

De acordo com o Ministério do Trabalho, existem três tipos de controle de ponto: manual, mecânico e eletrônico. Estes três tipos podem ser divididos em “subcategorias” que eu te mostrarei agora!

Livro de ponto

pessoa escrevendo em um caderno

O livro de ponto é super fácil e é bastante acessível.

O livro de ponto é uma maneira de registrar o ponto manualmente e é bastante usado em micro e pequenas empresas. No meu primeiro estágio era usado o livro de ponto e era muito prático.

Este tipo de registro pode ser comprado em qualquer papelaria ou loja de varejo e custa em média 12 reais. É uma opção bastante acessível para aquelas empresas que possuem poucos funcionários.

Lembrando que quando o ponto é feito manualmente, o Ministério do Trabalho exige que o funcionário assine toda vez para validar o ponto, já que é muito mais fácil fraudar o ponto manual.

Relógio de ponto

pessoa batendo ponto em um relógio de ponto cartográfico

O relógio de ponto é o sistema de ponto mais usado entre as empresas.

O relógio de ponto é bastante usado entre as empresas, principalmente de média e grande porte. Existem três tipos de relógio de ponto, mas falarei neste tópico apenas de dois: cartográfico e digital.

O relógio de ponto cartográfico aparecem em bastantes filmes de época, pois é um sistema mais antigo. O funcionário possui um cartão de ponto (normalmente feito de papel mesmo, mas um pouco mais grosso que o ofício).

Este cartão é usado em uma máquina que gravará no papel a jornada de trabalho dele, como o horário de entrada e saída.

O relógio de ponto digital é a versão depois do cartográfico, que permite o funcionário ter um código de acesso para que toda vez que ele irá bater o ponto, a maquina imprimirá um papel (como se fosse um extrato de banco) com os detalhes daquele ponto batido.

Ponto digital

pessoa botando o dedo para efetuar sua digital

O ponto eletrônico é super fácil e rápido de usar, porém possui um custo-benefício alto.

O ponto digital é feito a partir da biométrica ou com cartão eletrônico. Esta primeira opção também é conhecida como relógio de ponto biométrico, ou seja, a versão depois do do relógio de ponto digital.

A versão biométrica é usada a digital de cada funcionário. Geralmente este sistema é instalado na porta da empresa e permite a entrada ao mesmo tempo que o ponto é batido.

A versão com cartão eletrônico é usada, geralmente, o crachá do funcionário que possui uma tarja magnética que permite a entrada do funcionário. Geralmente este ponto é batido na catraca na entrada da empresa.

Este tipo de ponto é bastante utilizado em médias e grandes empresas, além de ser bastante fácil e rápido, porém o custo-benefício é alto.

Ponto online

pessoa mexendo no celular

O ponto online pode ser utilizado por qualquer tipo de empresa.

Sem dúvida nenhuma o ponto online é o mais fácil e rápido tipo de ponto existente. Este ponto pode ser usado por qualquer tipo de empresa, justamente pela sua facilidade.

Ele funciona da seguinte maneira: todas as marcações de ponto, acessos ao sistema e qualquer outra interação é feita exclusivamente online, ou seja, pela web ou um aplicativo.

Com o ponto online é possível gerar relatórios mais rápidos e controlar de forma mais clara e precisa a jornada de trabalho de todos os funcionários.

Além disto, o ponto online facilita a vida do funcionário que faz jornada home office e exerce várias atividades externas, pois ele consegue bater ponto aonde ele estiver e não apenas dentro da empresa.

Um exemplo de sistema de ponto online é o PontoGO, que oferece vários planos para se adequar a sua empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande.

Com o PontoGO, a empresa pode acompanhar todos os pontos em tempo real, fazer ajustes, fechar a folha, gerar relatórios e muito mais.

Como escolher o melhor tipo de ponto?

Mas agora fica a dúvida: qual o melhor tipo de ponto para a sua empresa? É o que vamos descobrir agora!

Micros e pequenas empresas

Se você possui uma micro ou pequena empresa, então o livro de ponto pode ser ideal por ser de baixo orçamento e super fácil de usar.

Porém, o ponto online, apesar de possuir um custo-benefício mais alto que o livro de ponto, é bem mais intuitivo e possui ferramentas que o livro de ponto não, como a flexibilidade do funcionário poder bater ponto fora da empresa e a funcionalidade de gerar relatórios.

Médias e grandes empresas

Se a sua empresa for de médio ou grande porte, então o livro de ponto é inviável, pois poderá gerar uma desordem. O ideal seria qualquer relógio de ponto, o ponto digital e, claro, o ponto online.

O relógio de ponto, seja ele cartográfico ou digital, é mais organizado, pois cada funcionário terá seu cartão ou código de acesso.

Já o ponto digital é mais seguro, pois cada funcionário só poderá entrar com a sua digital (biometria) ou crachá com tarja magnética.

E, claro, eu não poderia deixar de falar do ponto online que, como você já sabe, é super flexível e prático, e o melhor de tudo: o custo-benefício dele em comparação a um relógio de ponto biométrico, por exemplo, é bem menor.

Conclusão

Você percebeu que o ponto online se encaixa em qualquer tipo de empresa? Isto porque ele possui uma grande facilidade e rapidez para gerar relatórios, abonos, ajustes e tem uma flexibilidade que os outros tipos não possui.

Claro, você como empreendedor pode escolher o tipo que achar melhor para a sua empresa, mas lembre-se de não escolher pelo mais barato e, sim, pelo mais prático e ideal para o seu negócio. Já ouviu falar no ditado “o barato custa caro”? Pois é, pense com cuidado.

Gostou do artigo? O seu comentário é muito importante!

Se você tem sugestões de outros temas, sinta-se a vontade para comentar!

5 Curtir
0 Não curti

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *